Kuala Lumpur / Jakarta / Genebra, 15 de janeiro de 2021 - Equipes de resgate da Cruz Vermelha indonésia estão procurando sobreviventes nos escombros e prestando primeiros socorros após um terremoto devastador em Sulawesi, Indonésia.

Tripulações de ambulâncias especializadas da Cruz Vermelha e equipes de primeiros socorros estão tratando os feridos no terremoto. Mais de 630 ficaram feridos, dezenas de mortos e mais de 15.000 deslocados de acordo com a Agência de Mitigação de Desastres da Indonésia.

O Secretário-Geral da Cruz Vermelha da Indonésia, Sudirman Said, disse:

“Este é um terremoto trágico e nossas equipes de especialistas têm trabalhado durante a noite para ajudar as pessoas em meio aos escombros. Nossa primeira prioridade é procurar sobreviventes e cuidar dos feridos. 

“Essas horas são críticas para salvar vidas. Estamos trabalhando em dobro para ajudar os sobreviventes feridos, mantê-los protegidos do COVID-19 e prestar socorro aos milhares que foram deslocados de suas casas. ” 

A Cruz Vermelha da Indonésia está enviando suprimentos médicos e de socorro mais importantes por avião e por terra para as áreas afetadas pelo terremoto. Equipes de ambulância foram enviadas junto com outros 92 voluntários, tanques de água potável e unidades de produção, lonas para abrigo, máscaras faciais e 200 kits de socorro para famílias para ajudar os sobreviventes.

O chefe da Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (IFRC) na Indonésia, Jan Gelfand, disse:

“Quebra meu coração ver a carnificina causada por este trágico terremoto, que destruiu um hospital e centenas de casas.  

“Este terremoto é um golpe brutal para o povo de Sulawesi no meio de uma pandemia mortal de COVID-19. É uma questão de vida ou morte ajudar os sobreviventes a ficarem protegidos desta doença. ”