logo


19-11-2013 Entrevista

Em Guiuan, um dos lugares mais atingidos pelo tufão Haiyan, a equipe do CICV está trabalhando ininterruptamente para avaliar as necessidades mais prementes da população afetada. No dia 17 de novembro, o CICV e a Cruz Vermelha Filipina começaram a distribuir alimentos (arroz, óleo, açúcar, sal, molho de soja, café e latas de sardinha) a 42 mil pessoas. Três unidades móveis de tratamento de água foram montadas em Samar para dar acesso à água potável às pessoas e os estabelecimentos de saúde receberam material médico. Vincent Cassard, coordenador da resposta ao tufão, descreve a situação e o que o CICV está fazendo para ajudar.